Estratégias para manter seu conteúdo longe da pirataria

 

 

 

A pirataria digital é quando se dá a distribuição ou comercialização de um conteúdo sem a devida autorização ou de maneira a violar os direitos de quem produziu o material. É algo ilegal, com penalidades previstas em lei. No entanto, a prática de “copiar e colar” conteúdo nos ambientes virtuais é – infelizmente – muito comum e gera grandes prejuízos para os produtores de conteúdo e para quem os consome. 

Como evitar que seu material seja pirateado? Abaixo nós mostramos algumas ferramentas que podem dificultar o trabalho dos “piratas virtuais”. 

  1. Marca d’água

É uma estratégia simples e muito usada, apesar de não impedir o ato do roubo em si. Entretanto, ter o conteúdo identificado, atua para diminuir as chances de roubo e comercialização ilegal. Marca d´água é aquela marcação – muitas vezes discreta, mas nem sempre – que vem nos conteúdos, e indicam que aquela foto pertence à uma marca, ou ao fotógrafo que realizou o trabalho. Leia mais sobre este assunto aqui

  1. DRM

DRM é a sigla para digital rights management, que significa Gerenciamento de Direitos Digitais. É um conjunto de tecnologias que impede que seus conteúdos sejam baixados por softwares, sites e plugins, restringindo a difusão por cópia.

  1. HTTPS

O HTTPS (Hyper Text Transfer Protocol Secure, ou, protocolo de transferência de hipertexto seguro) é uma implementação de uma camada adicional de segurança no HTTP, que utiliza o certificado SSL. Isso permite a criptografia das informações ao serem transmitidas e verifica a autenticidade do servidor do usuário.

O mais importante é que sua produção de conteúdo para Ensino a Distância seja orientada por profissionais que entendam do assunto. Conhecimento é patrimônio e isso deve ser criado com padrões e regras de forma a proteger o direito autoral de seus criadores. Fale com a PRÓ-EAD sobre o assunto! Podemos ajudá-lo. 

Share This
Entre em contato!